8 Mulheres e um Segredo | Crítica do Filme

8 Mulheres e um Segredo | Crítica do Filme

 

_Estrela_Estrela_Estrela
Sinopse:
Recém-saída da prisão, Debbie Ocean (Sandra Bullock) planeja executar o assalto do século em pleno Met Gala, em Nova York, com o apoio de Lou (Cate Blanchett), Nine Ball (Rihanna), Amita (Mindy Kaling), Constance (Awkwafina), Rose (Helena Bonham Carter), Daphne Kluger (Anne Hathaway) e Tammy (Sarah Paulson).Diretor:
Gary Ross

Elenco:

Sandra Bullock, Cate Blanchett, Anne Hathaway, Mindy Kaling, Sarah Paulson, Awakafina, Rihanna, Helena Boham Carter, Richard Amitage, James Corden

Data de estreia:
07 de junho de 2018

 

Na década passada, Steven Soderbergh resolveu produzir um “remake” do filmeOnze Homens e um Segredo”. Originalmente estrelada por atores dos anos 50 e 60 (como Frank SInatra e Dean Martin), a nova versão era estrelada por grandes nomes atuais como George Clooney e Brad Pitt. 17 anos depois, eis que temos mais uma reinvenção da franquia, desta vez encabeçada por estrelas femininas do cinema atual em “8 Mulheres e um Segredo”. 

Parte do apelo de um filme como este está em seu agrupamento de grandes talentos conhecidos do público. É o mesmo apelo de “Mercenários” com astros de filmes de ação, por exemplo. 8 Mulheres e um Segredo não deixa a desejar neste quesito, e coloca Sandra Bullock e Cate Blanchett para assumir a mesma dinâmica típica que um dia foi de Clooney e Pitt. O restante das 8 mulheres é composto por Helena Boham Carter, Rihanna, MIndy Kaling, Sarah Paulson, Anne Hathaway e Awkwafina. Um grupo eclético, que apresenta boa química em suas cenas conjuntas.

8 Mulheres e um Segredo procura se manter como uma sequência da trilogia estrelada por Clooney, ao mesmo tempo em que recicla (ou subverte) elementos do primeiro “remake”, com a intenção de estabelecer sua própria empreitada em moldes semelhantes. Essa aproximação com “ 11 Homens e um Segredo é algo notável tanto na estrutura do filme, quanto no estilo de direção empregado por Gary Ross (que, na maior parte do tempo, se limita a emular as passagens e sequências vistas no trabalho de Soderbergh).

Saem os cassinos, caça-níqueis e os montantes de fichas. Entram os museus, roupas caríssimas e jóias. A maneira como 8 Mulheres e um Segredo consegue construir o mesmo peso e risco, a mesma atmosfera de extravagância financeira, neste novo cenário, já é um grande aspecto positivo por si só, uma vez que corria-se o risco desta história parecer muito menos impactante fora de Las Vegas, e dentro do metrô de Nova York.

Tal extravagância é refletida, também, na estética dos personagens. Bullock, Blanchett e Hathaway estão visualmente impecáveis com seus figurinos chamativos, e o resto do elenco não fica para trás, com momentos de destaque dedicados a todas as personagens em meio a celebridades reais e cenários luxuosos.

Com menos personagens do quê os filmes anteriores,8 Mulheres e um Segredo tem um bom equílbrio em sua estrutura, deixando que cada personagem seja bem apresentada e integrada de maneira relevante ao plano. O ideal seria que tívessemos algumas cenas adicionais onde combinamos as personagens entre si, gerando situações inusitadas, para dar uma sensação natural de maior união do grupo. Mas não é nada que chegue a denegrir a empatia do espectador. São personagens com aprofundamento raso, mas funcionais.

O ritmo do filme é condizente com o cinema comercial atual, mas não tão acelerado quanto poderia se esperar do gênero. Há alguns poucos momentos de cansaço durante o segundo ato, rapidamente seguidos pelo início do terceiro e o roubo em si. Tentando se distanciar da grande virada presente no fim de 11 Homens e um Segredo”, o novo filme traz uma investigação após o roubo, liderada pelo personagem de James Corden, e constrói sua grande virada (inevitavelmente semelhante a original) através deste grande epílogo. Uma solução não tão elegante, mas que traz o resultado necessário para o encerramento da trama.

Com boas atuações ( ao menos, no espaço que possuem) de um elenco charmoso e uma atmosfera de grande evento, 8 Mulheres e um Segredo segue a linha de seus antecessores. Para todos aqueles que apreciam a diversão de roubos mirabolantes, o filme deve entreter sem dificuldade, chegando aos cinemas no dia 7 de Junho.