CCXP 2017 | Sony Pictures faz painel que entrará para a história do evento

CCXP 2017 | Sony Pictures faz painel que entrará para a história do evento

Depois de quatro edições da CCXP, sendo que estivemos presentes em três delas, já podemos dizer que temos uma certa experiência com os painéis dos estúdios. Sempre temos noção do que pode acontecer e do que pode ser exibido, mas poucas são as vezes que realmente conseguimos ser surpresos. Esse ano, o único painel que conseguiu fazer mais do que uma simples apresentação foi a Sony Pictures

O estúdio que participa novamente do evento trouxe ao Brasil o ator Nick Jonas que falou de Jumanji: Bem-vindo à Selva e contou um pouco sobre sua experiência nas filmagens do longa. Revelou que não gosta andar de avião e respondeu perguntas de fãs que foram enviadas pela internet. Disse que o novo longa é uma bela homenagem ao ator falecido Robin Williams, que protagonizou o primeiro longa nos anos de 1990.

Nick Jonas foi introduzido pelo próprio elenco do longa que surpreendeu com uma esquete especial. Como é de costume, os atores dos longas que não vieram ao Brasil acabam gravando pequenas vinhetas falando que adorariam estar no Brasil, mas que não puderam por conta da agenda. No entanto, no vídeo com Dwayne Johnson, Karen Gillan, Jack Black e Kevin Hart eles fizeram uma brincadeira na qual encarnaram seus personagens no filme. Extremamente mais interessante que o tradicional “desculpe, mas não deu pra ir”. Um clipe completo do longa foi exibido, e nele pudemos ver os rinocerontes, que são tão icônicos no primeiro longa, em uma cena de ação que envolve boa parte do elenco, helicópteros e Johnson encarnando o herói.

Em seguida a Sony Pictures surpreendeu a todos com um show de luzes e sons que introduziram o lançamento mundial do trailerHomem-Aranha no Aranhaverso”. Apesar desse título que soa estranho, o público reagiu positivamente principalmente com a revelação do protagonista Miles Morales. Quando ninguém esperava os roteiristas e diretores Phil Lord e Christopher Miller subiram ao palco para falar um pouco da animação e o quanto ela é importante para o universo do Homem-Aranha nos cinemas. Dentre as poucas revelações importantes, afinal ninguém ali queria spoilers, os diretores disseram que veremos Peter Parker como figurante dentro da história e que ele não é o adolescente que todos estão acostumados a ver nos cinemas, mas sim um homem de meia idade que já é Homem-Aranha há um bom tempo.

Em seguida pudemos conferir uma cena de “Sobrenatural: A Última Chave“, quarto filme da franquia bem-sucedida de terror. O produtor Jason Blum junto com a atriz Lin Shaye subiram ao palco e falaram um pouco sobre a produção. Outro longa que também marcou presença com um clipe que surpreendeu a todos é a produção “Alfa“, novo longa do diretor Albert Hughes que chegará aos cinemas em março.

Para concluir o painel com chave de ouro a Sony Pictures mais uma vez surpreendeu seus fãs. Ela levou todos os presentes para uma visita no set do longa “Venom” que está sendo rodado em Atlanta nesse momento. Com uma transmissão via streaming, o diretor Ruben Fleischer conversou sobre a produção e revelou que era a primeira vez que os sets estavam sendo vistos. Em seguida tivemos a aparição surpresa do ator Tom Hardy que disse sentir um respeito enorme por essa grande franquia de filmes Marvel nos cinemas e que o público não se decepcionará com “Venom“. Quando todos esperavam o final, Hardy disse que os presentes ganhariam uma camiseta do filme igual a que estava usando. Pessoal da equipe de produção da CCXP 2017 distribuiu centenas de camisetas do longa e no momento em que a hashtag oficial do filme foi revelada (#WeAreVenom) uma enorme bandeira cobriu todo o auditório, transformando o público em verdadeiros “torcedores”.

A Sony Pictures realmente surpreendeu e proveu que sempre tem como inovar nos painéis. Sabe que seu público está ali para assistir a um show, e foi exatamente isso que eles conseguiram fazer.