Dupla Explosiva | Crítica do Filme

Dupla Explosiva | Crítica do Filme

_Estrela_Estrela_Estrela

Sinopse:

O principal guarda-costas do mundo possui um novo cliente: um assassino de aluguel que precisa testemunhar na Corte Internacional de Justiça. Por anos eles estavam em lados opostos de um tiro, mas agora eles estão presos juntos. Eles precisam colocar as diferenças de lado para chegarem ao julgamento a tempo.

Diretor:

Patrick Hughes

Elenco:

Samuel L Jackson, Ryan Reynolds, Selma Kayek, Elodie Young, Gary Oldman

Estreia:

31 de agosto de 2017

Dupla Explosiva é bom passatempo se você estiver afim de passar duas horas do seu dia rodeado de atores conhecidos, ação escapista e humor simples. Como filme, o resultado pode parecer um pouco abaixo de seu potencial. 

Ryan Reynolds, queridinho do público após a sua louvada interpretação de Deadpool, faz o papel de um segurança de figurões. Um verdadeiro agente secreto, o personagem é responsável por proteger pessoas de alto escalão e impedir que assassinos profissionais cumpra suas respectivas missões. Um destes assassinos é interpretado por Samuel L Jackson, que acaba se tornando uma testemunha chave no julgamento de um impiedoso ditador (Gary Oldman), e por isso deve ser protegido à todo custo.

A proposta de colocar Ryan Reynolds e Samuel L Jackson em uma comédia de ação não poderia ser mais atrativa. Ambos são conhecidos por interpretarem personagens descarados, e aqui não é diferente. Jackson entrega diversos “motherfuckers” ao longo do filme, e piadas sujas estão ao redor de Reynolds o tempo todo.

A dualidade dos protagonistas é o mais interessante, tanto na parte cômica quanto na questão da trama, onde serve de motivo para diversas viradas de roteiro. O segurança está sempre atento e aflito com sua origanização, demonstrando seu apreço pela racionalidade. Já o assassino é impulsivo e prefere agir por instinto à todo tempo, o quê proporciona diversos momentos de irritação para o personagem de Reynolds.

Selma Hayek rouba o filme quando está em cena. Interpretando a esposa do personagem de Jackson, Hayek possui apenas algumas poucas cenas onde é o foco, mas as entrega com presença e timing cômico, além de também mostrar por quê não deve ser esquecida em meio à lista de atrizes de ação.

Dupla Explosiva é o tipo de comédia suja que adolescentes costumam assistir diversas vezes na televisão. O filme aposta forte na ação, e deixa que as piadas sejam pontuais, o quê leva a crer que não temos aqui uma comédia de ação, e sim um filme de ação engraçado.

Diversos flashbacks são utilizados durante o filme todo para explicar a “backstory” dos personagens, sempre bem focados na ação e em sequências excitantes. São divertidos, mas muitas vezes também podem ser considerados desnecessários. Fica clara a vontade de agradar os fãs de Deadpool, com diversas cenas bem sangrentas e violentas.

Está afim de se distrair? Dupla explosiva irá lhe servir muito bem. A ação é competente e mais do que suficiente para não cansar o espectador por duas horas (embora o filme pudesse muito bem aproveitar uns vinte minutos à menos dessa duração), e o elenco estelar fará valer o ingresso, sem problemas.