Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas! | Crítica do FIlme

_Estrela_Estrela_Estrela
Sinopse:
Robin, Ciborgue, Estelar, Ravena e Mutano são os Jovens Titãs. Ao perceberem que todos os super-heróis estão estrelando filmes, eles decidem se mobilizar para também ter espaço nas telonas. O líder do grupo, Robin, está determinado a ser visto como um astro e com ideias malucas e até uma canção eles partem em busca de um diretor de Hollywood, mas acabam enganados por um supervilão..Diretor:
Aaron Horvath, Peter Rida MichailElenco:
Charles Emmanuel, Manolo Rey, Eduardo Borgeth, Mariana Torres, Luisa Palomanes

Data de estreia:
30 de agosto de 2018

 

Os jovens Titãs já possuíram diversas encarnações ao longo de sua história. Nos quadrinhos, foram compostas por membros coadjuvantes de super-heróis maiores, mas também tiveram diversos membros próprios que se tornaram icônicos para os fãs. Na televisão, tiveram a sua formação mais conhecida, com Robin, Ciborgue, Mutano, Ravena e Estelar, em um desenho que era feito para pré-adolescentes, mas que ganhou a atenção de muitos fãs dos quadrinhos pela abordagem. Atualmente, a equipe passa por diversas abordagens em diferentes midias, mas a proposta deOs Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas” é provavelmente uma das que possui o maior potencial financeiro.

O filme traz a equipe mais conhecida, em suas versões diminutas e engraçadas. É uma abordagem voltada para o púbico infantil, que luta para não perder a relevância entre os fãs da DC Comics que, atualmente, vem se acostumando mais com o tom sério e realista que os filmes vem proporcionando. Este tom sério claramente pretende ser revisto pela Warner com as produções em andamento, e Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas, acaba equilibrando muito bem o apelo à ambos públicos, justamente por abraçar sem restrições o seu papel dentro do universo cinematográfico atual.

É necessário ressaltar que, como filme,Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas tem poucos méritos de roteiro e construção. A animação em si, também, não fica muito longe do que o público já considera como regular dentro do Cartoon Network. O filme claramente foi feito para televisão, mas acabou sendo levado para os cinemas por conta de seu potencial mercadológico. São comuns os enquadramentos do filme que aproximam os personagens, e composições muito mais comuns à mídia da televisão, o que tirar um pouco do peso da experiência de assistir ao filme nos cinemas.

A comédia, no entanto, acaba funcionando na maior parte do tempo para todos os públicos que almeja atingir. Piadas de pum, canções bobas e reações exageradas (normais do desenho) são o suficiente para entreter as crianças, enquanto diversas referências (tanto à DC quanto à Marvel) fazem a experiências dos adultos mais antenados ser muito mais recompensadora. Para todos aqueles que estão acostumados a acompanhar os filmes de super-heróis atuais,Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas quer ter o mesmo charme de “Lego Batman” e a irreverência que “Deadpool” carrega como marca registrada.

Os personagens são pouco (ou nem um pouco) construídos, com a exceção de Robin, que busca ter o seu próprio filme nos cinemas. Espera-se que o espectador já reconheça todos os personagens em tela e não necessite de nenhum contexto, algo que o filme tenta abraçar e explorar sem esconder as cirscunstâncias. Sendo assim, o que temos é um filme extremamente repleto de meta-linguagem, constantemente conversando com um contexto que inclui claramente o espectador, principalmente aqueles que são fãs de quadrinhos da DC.

Essa meta-linguagem é usada de forma descarada, o que acaba aproveitando o potencial do filme de forma bem-vinda. Em diversos momentos, o filme se assume como sendo “bobo” ou “uma piada”, e usa estas definições para gerar situações únicas em que os personagens tem a oportunidade de brincar com momentos clássicos da mitologia super-heróiesca.

Ao mesmo tempo, o filme parece se lembrar de que precisa contar uma história propriamente dita em sua segunda metade, e resolve tentar desenvolver uma trama que vinha sendo tratada em segundo plano até então. Diferente de “Lego Batman”, onde o terceiro veio ainda mais recheado de referências do quê poderia se esperar, as risadas emOs Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas podem ir diminuindo conforme caminhamos para a conclusão.

Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas!” é um filme claramente feito para crianças, que consegue alcançar os adultos já dispostos. Sua linguagem televisiva acaba impedindo qualquer grande comparação, mas deve agradar ao público que procurá-lo sem compromissos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *